Meus vídeo-poemas

Loading...

segunda-feira, maio 14, 1990

É lembrança

Olhando para o fundo da noite
Só vejo escuridão
Olhando para o fundo dos teus olhos
Só vejo imensidão
Olhando para o fundo do meu coração
Só vejo paixão
Um peso na noite
Uma leveza nos olhos
Um cansaço no coração.
Vivemos cansados
Com as tramas do destino
Esse vazio terrível
Esse silêncio persistente
Essa vontade louca de me soltar
Para o mundo
De me abrir para tudo
É loucura
É ternura
É saudade de nosso tempo de criança
De esperança
De confiança
É lembrança...

Nenhum comentário: