Meus vídeo-poemas

Loading...

segunda-feira, abril 08, 1991

De repente

De repente do nada veio um pedaço
Do pedaço veio um pouco
Do pouco veio o tudo
Do tudo veio você
Você veio quietinho, de mansinho
Conquistar o meu ser.
Que pena que o destino
Às vezes, cretino
Não deixou que minha vida encontrasse a sua
Será destino? Será escolha?
Que importa saber quem são os culpados?
Importa que eu estou aqui
Com medo de você..
Com medo de mim...

Nenhum comentário: