Meus vídeo-poemas

Loading...

quarta-feira, janeiro 01, 1992

Pesadelos

Raios de paixão que começa a vibrar em meu ventre
Relâmpago de amor que gera em meu coração calado
Ao mundo cruel
Onde só as leis dos homens mandam
- de forma indecente –
interesseira.
Quando pode ser o amor trocado pela simples forma de se ter ao lado
O que se imagina?
Imaginação!
A realidade existe para fazer o ser humano
Crescer e multiplicar conhecimentos
O amor é a realidade que move o mundo
A alma
O pranto
A dor
A tortura
A miséria.
Sem amor eu nada seria
Sem você aqui dentro de minha vida
Louca de desejo –
Desejo de viver intensamente
O presente – presente de seu carinho
Presente no presente
De um passado futurista
Eis-me aqui a pensar
A calar,
A chorar
Presente que rola em minha face em forma de gotas
Tão suaves quanto os chuviscos de ontem à noite
Leve gota batendo em meu rosto
Aliviando a sensação de frio
De revolta
De repulsa ao talião!

Nenhum comentário: