Meus vídeo-poemas

Loading...

domingo, agosto 07, 2005

Incerta

Incerta
Levo a vida
Ouço pensamentos e melodias
Viver é uma arte infindável
Encolho-me em meu casulo
Já não sei o que pensar
O que fazer eu não sei
Continuar me enganando
Acordar sangrando...

Nenhum comentário: