Meus vídeo-poemas

Loading...

terça-feira, outubro 04, 2005

Há dias

Há dias em que tudo parece desmoronar
Um vendaval de sensações passa
Invade todas as guaritas
Derruba todas as muralhas
Faz-nos vulneráveis e fracos...
Há dias em que nada parece dar certo
E tudo fica tão incerto
Como se nada agora fosse se acertar...
Há dias em que tudo parece escuro
Onde o cansaço impera o mundo
E lá no fundo tudo se apaga
Como se o sol nunca mais fosse brilhar..
Há dias em que as lágrimas jorram
Tentam lavar a alma
Tentam jogar tudo fora
Como se um peso pudessem aliviar...
Há dias em que tudo que eu queria
Tudo que eu precisava
Tudo que eu desejava
Era um abraço seu...

Nenhum comentário: