Meus vídeo-poemas

Loading...

sexta-feira, janeiro 06, 2006

Nem tudo

Nem tudo que me encanta
é capaz de me seduzir
Nem tudo que me atinge
é capaz de me ferir
Nem tudo que me amarra
é capaz de me prender
Nem tudo que me corta
é capaz de adentrar minha alma
Nem tudo que falas
Nem tudo que calas
Nem tudo que pensas
Nem tudo que fazes
Nada é capaz de me apagar
Nada é capaz de me calar
Nada me fará deixar de te amar...

Nenhum comentário: