Meus vídeo-poemas

Loading...

sábado, maio 20, 2006

Quando te vejo

Quando te vejo
A pele arrepia
Frio que percorre
Desejo que contagia
Teu olhar me excita
e me fascina a tua ousadia
Teus olhos me desnudam
arrancam-me todas as roupas
ativam-me todos os sentidos
Entrego-me ao delírio
Embarco na tua fantasia
Sinto-te em meu corpo
Eu sou tua
Tu és meu
Até o amanhecer do novo dia...

Nenhum comentário: