Meus vídeo-poemas

Loading...

segunda-feira, junho 26, 2006

Sou tua poesia


Sou tua rua, tua esquina
Sou teu verso, sou tua rima
Sou teu nascente, teu poente
Sou teu povo, sou tua gente
Sou tua lua, teu céu
Sou tua flor, sou teu mel
Sou tua chuva, teu vento
Sou teu murmúrio, sou teu lamento
Sou teu outono, tua primavera
Sou teu quadrado, sou tua esfera
Sou tua cerveja, teu vinho
Sou tua estrada, sou teu caminho
Sou teu riso, teu canto
Sou teu choro, sou teu descanso
Sou tua noite, sou teu dia
Sou tua com maestria
Sou tudo que te contagia
Sou tudo que te inebria
Sou tudo que te irradia
Poeta, sou tua POESIA!

domingo, junho 25, 2006

Sentimento


Sentimento profundo
acercou o meu mundo
e me fez enxergar
a beleza da vida
a beleza do ser
sentimento profundo
me fez liberta
me acercou de você.

sexta-feira, junho 23, 2006

Meu colo-mãe


Vem...
Aninha-te em meu colo
Nada há de acontecer de mal
Sou teu consolo, teu refúgio
Teu porto seguro, tua nau...
Aninha-te em meu colo
Que aquela dorzinha passa
Arranhões, beliscões, topadas
Até aquela birra ou pirraça
Aninha-te em meu colo
Do meu ventre nasceste
És minha menina, minha flor
Minha jóia, meu sol nascente...
Por ti tenho forças pra continuar
Pra ladrilhar de flores o teu caminho
Mas flores também tem espinhos
Se te ferirem, corre pro meu ninho!
Aninha-te em meu colo
Aninha-te em meu calor
Pra sempre tua mãe serei
Meu nome é amor!
Vem...
Aninha-te no meu colo
Nada há de acontecer de mal
Sou teu consolo, teu refúgio
Teu porto seguro, tua nau...

terça-feira, junho 20, 2006

Quem é esta mulher?


Quem é esta mulher
Que passa apressada
Toda cheia de graça
Finge que não me vê
Só pra fazer pirraça?
Quem é esta mulher
Que caminha lentamente
Com seu olhar de serpente
Exibindo curvas envolventes
Que me deixa fascinado
Parecendo um demente?
Quem é esta mulher
Que exala seu perfume
Que me incendeia feito lume
Me embriaga com sua beleza
Mas a mim parece imune?
Quem é esta mulher
Fêmea no cio
Em total desvario
Esbarra no meu sentimento
Coração louco vadio...
Quem é esta mulher
Que roubou meu coração
Que me deixou sem ação
Louco apaixonado
Por que só me diz Não?
Quem é esta mulher?

segunda-feira, junho 19, 2006

Ausência


Ausência
Companhia ingrata
M
xxA
xxxxL
xxxxxxT
xxxxxxxxR
xxxxxxxxxxA
xxxxxxxxxxxxxT
xxxxxxxxxxxxxxxA
Este coração
Que só quer te amar...
Ausência
Triste presença
M
xxxA
xxxxxC
xxxxxxxH
xxxxxxxxxU
xxxxxxxxxxxC
xxxxxxxxxxxxxA
este coração
que não agüenta mais
te esperar
Ausência
Presença constante
Ânsia latente
Desejo de te encontrar...

Paraíso


É ter o mar batendo nas pedras
E o pôr-do-sol do seu olhar
É sentir a maresia na pele
E viajar no branco luar
É falar o português
E não ter vergonha de sonhar
É acordar contigo
E não cansar de te olhar
É viver na Bahia
E ter o poder de encantar
É comer acarajé aos domingos
E ter um poeta pra te amar...

terça-feira, junho 13, 2006

Caminhada


Caminhei pela praia
vento soprava meu rosto
leve brisa que acariciava
que amansava meus monstros.
Fiz castelos de areia
torres altas e longínquas
Depositei meus sonhos
regados com lágrimas
Pus dragões a protegê-los
Construí segredos
grão em grão
e fui tecendo vagarosamente
com fios de luz
guardados, secretos
adornados de estrelas
protegidos pelo firmamento
até o dia
em que lhe encontrasse
em que me encontrasse
e quando o vi
foi tudo tão simples
o amor era tão simples
que não pedia
nada mais
do que o milagre
do sol nascente
Caminhei pela praia
meus passos já não eram
só meus...