Meus vídeo-poemas

Loading...

quarta-feira, julho 19, 2006

Mãos dadas


Não solta a minha mão
Que o caminho é longo
Tanto tempo de espera
Atravessando tempos e espaços
Buscando-te em cada vôo alado
É chegada a hora .
Não solta a minha mão .
Teus passos caminham com os meus
Juntos na mesma estrada
Dura, fria, perene, florida
Eu e tu, tu e eu.
É chegada a hora.
Não solta a minha mão .
Estou atada ao teu braço
Seguindo em nosso barco
Amarrado a uma estrela
Rumo ao infinito ..
Segura firme...
Não solta a minha mão!

Nenhum comentário: