Meus vídeo-poemas

Loading...

segunda-feira, novembro 27, 2006

Anoitece


Pôr-de-sol, dia comum
Caminho na areia da praia
colhendo estrelas cadentes
em meio a um oásis de sereias.
Os céus tocam acordes de lua cheia
Trombetas anunciam a chegada da noite.
Piso em nuvens tempestuosas
dançando valsa com os ventos.
A lua reina majestosa
sobre a noite que não tem fim.
Anoitece em mim.

Um comentário:

Benvinda Palma disse...

Lu, linda poeta!

Fiz um pouso rasante em teu ninho...que doce ninho! Que lindo canto...estou fascinada...inebriada com teu versos! Parabéns, grande mestra das palavras. Tua alma transpira o amor!

Poetabeijos
Benvinda Palma