Meus vídeo-poemas

Loading...

sexta-feira, abril 20, 2007

EntorpeSinto


Tenho a alma
entorpecida
por híbridas
sensações
jamais vividas
Gosto de
maçã verde
Cheiro de
fruta madura
Leve correr
do sangue
entre as células
da poesia
Inquieto relampejo
que conduz a mais
mosaica utopia
Sóbrio devaneio
Cortina entreaberta
Turquesa paisagem
Doce tom
de mistério
E passeio
sobre o horizonte
Escorrendo
gotas de vida
pela boca...

Nenhum comentário: