Meus vídeo-poemas

Loading...

sábado, junho 23, 2007

Não perguntes


Não perguntes
às pessoas
quem eu sou!
Sou algo perdido
entre o mar e o infinito...
Pergunta às estrelas!
Talvez tua luz
me encontre
sobrevoando
o horizonte carmim...
Pergunta às conchas!
Talvez tua secreta fenda
me encontre
caminhando
entre falésias mirins...
Pergunta às gaivotas!
Talvez tuas doces asas
me encontrem
planando
no vento marfim...
Pergunta aos anjos!
Talvez teus iluminados olhos
me encontrem
brincando na areia
com algum querubim...
Não perguntes
às pessoas
quem eu sou!
Sou luz, poesia
dor, jardim...
Sou algo que
não tem começo
e nunca terá fim...

Nenhum comentário: