Meus vídeo-poemas

Loading...

quinta-feira, junho 12, 2014

Intrusa



Ela entra furtiva
troca cores
ressalta dores
escolhe o penteado
e a cor do sapato
e vai ficando

sorrateira
muda o olhar
cala o que há pra falar

Ela adentra
furta
corrompe
boicota
enfeitiça

voraz ânsia
de assumir o comando

Ela cria versos
e acende estrelas

Ela adorna o ventre
e dança entre luas

Está aqui agora
e de repente
vai embora

É ela
invasora
fugidia
incisiva

A intrusa 
que mora
em mim.

Luh Oliveira


12/06/2014
23:10h

Nenhum comentário: